World of Warcraft – The movie

wowmovie

Finalmente algo concreto relacionado ao filme em live action do WoW.

Digo Live Action porque acho difícil que o filme seja realizado totalmente em computação gráfica, pois de acordo com declarações dadas pela Blizzard a tempos atrás ela confirmou o filme, mas negou que o mesmo seria feito em computação gráfica devido ao orçamento muito alto.

raimi

A notícia é oficial e confirmada pela Blizzard, o site AICN noticiou hoje que ninguém menos que SAM RAIMI, foi o diretor cotado para a produção cinematgráfica do MMORPG mais bem sucedido até o momento. A produtora do game produz o longa em parceria com a Legendary Pictures. A produção ficará nas mãos de Charles Roven, co-produtor dos filmes de Batman. Parceiros habituais de Raimi, Robert Tapert e Joshua Donen também produzem. O financiamento e a distribuição ficarão com a Warner Bros.

Com isso começa a especulação de como a história começará a ser contada, pessoalmente acho que para fazer jus a história, acho que a saga realmente deveria ser iniciada no ponto de vista da aliança, contando a saga de Medivh e como o primeiro portal foi aberto. Assim como o primeiro “Warcraft – Orcs and Humans”. Exatamente como uma introdução, flashbacks contariam a história dos Orcs em Draenor e como os mesmos seriam manipulados pela Burning Legion. No segundo filme o ponto de vista deveria ser mudado para o ponto de vista da horda, contando a história dos Orcs cativos que se rebelaram formando sua própria facção com seu novo líder Thrall. No terceiro teríamos o retorno de Medivh e como o mesmo tenta avisar os humanos e orcs contra ameaça da Scourge, Assim como a invasão dos undeads e a destruição de Lordaeron, Esse filme seria focado em Arthas Menethil e contaria toda a sua trajetória, terminando com a morte do Rei Terenas Menethil. É claro que tem que haver espaço pra um quarto filme onde conheceríamos os Night Elfs e teríamos um flash back da origem do mundo e sobre o The Sundering que dividiu azeroth em 3 continenentes. Esse quarto filme também teria a batalha no Mount Hyjal e nascimento dos Forsaken, assim como a invasão de Arthas a Quel’thalas. Acredito que ainda tem história para um quinto filme e ainda um sexto filme. Não há como eles detalharem uma saga tão rica em detalhes e com histórias paralelas em um único filme seria impossível ficar bom.

Vamos esperar pra ver, Sam Raimi na cadeira de diretor me tranquiliza, mas de nada adianta ter o melhor diretor do mundo se o roteiro do filme for ruim. Me interesso mais em saber quem irá escrevê-lo.

Mesmo com um filme ruim a Warner Bros terá retorno garantido, pelo menos dos 11 milhões de jogadores em todo o mundo.

Deixe um comentário

Nome: (Required)

eMail: (Required)

Website:

Comment:

 

Sobre o Autor

O nome Mesophitos nasceu a partir de um livro de botânica, na verdade o nome correto em português é mesófito, é a região de um vegetal que é o meio de ligação da raíz com o caule. Sim parece um pouco de exagero, mas na época que ele foi criado não se podia pagar pra trocar de nome, o nome era realmente definitivo, precisava ser escolhido como o nome de um filho.